Camila Machion

Camila Machion

Fundadora - ReFuture

Como identificar um segmento para uma pesquisa autoral?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Via de regra, pode-se dizer que qualquer segmento de mercado é passível de uma pesquisa autoral. Isso porque não há nada que uma empresa faça que não seja interessante para outras pessoas saberem. Pensando nos resultados que serão disponibilizados gratuitamente, existem alguns temas que geram mais aderência ao público porque estão mais presentes na realidade do consumidor final.

Além disso, também existe a hipótese de se lançar um estudo autoral para:

· Os clientes/consumidores em geral conhecerem a cultura de uma empresa.

· Os clientes/ consumidores em geral conhecerem o propósito de uma empresa.

· Os clientes/consumidores em geral conhecerem o trabalho social que uma empresa desenvolve.

· Os clientes/ consumidores em geral conhecerem os diferenciais de uma empresa.

· Os parceiros

· Uma empresa se posicionar como ponta de lança em um determinado tema que ela quer trabalhar. Ex: Uma empresa quer avançar internamente sobre diversidade e lança um estudo sobre isso.

O mais importante na hora que uma empresa toma a decisão de criar um material autoral via pesquisa de mercado é compreender que é preciso identificar corretamente quem será o público alvo desse esforço. Com o público alvo definido, fica mais eficaz a organização do material a ser coletado e a forma de contar os achados da coleta. Além disso, conforme escrito acima o objetivo principal também norteia todo esse processo.

Com isso, esperamos ter ajudado você a perceber como que um estudo autoral pode ser positivo para a realidade de qualquer empresa. Seja ela uma indústria, uma prestadora de serviço, um varejista, etc. Lembre-se que em um mundo que valoriza o excesso de dados, quem é capaz de trazer informação com curadoria sai na frente.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

logo-refuture-branco-RGB-horizontal
ReFuture – Consumer Behavior Research
2021 – Todos os direitos reservados